Mostrando postagens com marcador vida cristã. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador vida cristã. Mostrar todas as postagens

quinta-feira, 7 de junho de 2012

quinta-feira, 10 de maio de 2012

Essa noite eu tive um sonho lindo!

Por Renato Vargens

Essa noite eu tive um sonho lindo!

Sonhei, que os apóstolos brasileiros tinham se arrependido de suas heresias e regressado a ortodoxia das Escrituras.

Sonhei que o movimento gospel definitivamente tinha acabado e que os shows protagonizados pelos artistas evangélicos tinham deixado de assistir e que agora em diante todos os cantores cantavam para a glória de Deus.

Sonhei que a Igreja Brasileira tinha se unido em torno de Cristo e que doutrinas secundárias não nos dividiam mais.

Sonhei que as canções entoadas por nossos cantores eram exclusivamente cristocêntricas.

Sonhei que a Igreja Brasileira estava envolvida com missões, e que por amor a Deus, as mais variadas denominações enviavam missionários as nações.

Sonhei  que as teologias da prosperidade e confissão positiva tinham se extinguido e que os crentes em Jesus não deceretavam mais bênçãos e vitórias em seu cultos.

Sonhei que os atos proféticos foram abandonados pelos pastores e que os cristãos se contentavam agora em viver para a glória de Deus.

Sonhei que a Igreja do Senhor se preocupava com os pobres e miseráveis, auxiliando órfãos e viúvas, amando os que sofrem, cuidando com esmero de suas vidas, saúde e família.

Sonhei que todo e qualquer tipo de fã clube evangélico fechou as portas, encerrando suas atividades de idolatria.

Sonhei que as igrejas priorizavam a pregação da Palavra e que as Escrituras Sagradas eram a nossa única e exclusiva regra de fé.

Sonhei que os pastores abandonaram as técnicas de psicanálise em detrimento a exposição das Escrituras.

Sonhei que os pastores abandonaram as mensgens de autoajuda e passaram a pregar TOTA Scriputura.

Sonhei que adolescentes e jovens buscavam ao Senhor não por entretenimento, mas por reconhecimento a sua grandeza, amor  e soberania.

Sonhei que as famílias cristãs eram fortes e que os casais eram fieis uns aos outros e que o divórcio era comportamento inexistente.

Pois é, de repente acordei e vi que tudo não passava de um sonho de uma noite chuvosa de outono.

Com lágrimas nos olhos,

Renato Vargens
 

quarta-feira, 4 de abril de 2012

Porque você frequenta igreja?



Muito tem se falado acerca da frequencia dos crentes aos cultos.Mas aqui neste artigo quero discorrer dos dos motivos pelos quais devemos frequentar uma igreja (casa,templo,parede).Não estou aqui condenando os desigrejados,pois não sou juiz deles,mas eu não seria um desigrejado nunca! 

Nem estou aqui apoiando a ideia de que só serão salvos os que frequentam igrejas.Longe de mim tais afirmações porque estariam contrárias a própria Bíblia,visto que a salvação é pela  fé em Cristo e não pelas obras (Atos 15:11,Romanos 10:9;2 Timóteo 3:15,Atos 16:31,).Existe aínda relatos na Bíblia acerca de um certo ladrão na cruz a ele Jesus disse: Hoje mesmo estarás comigo no paraíso (Lucas 23:43 ).E daí? O que seria de mim se eu afirmasse que os desigrejados não serão salvos? Estaria contrariando a própria Escritura Sagrada. Mas não devemos fazer de uma "excessão", regra para nós.

Eu pessoalmente já faltei em cultos,que para ser sincero,me arrependi por ter faltado,porque tem vezes que nós vamos aos cultos apenas por motivações.E nós não adoramos a Deus por motivações,porque as nossas motivações podem ser erradas.O estar triste ,magoado,desanimado,etc, nunca devem ser  motivos (motivações) para deixarmos de ir aos cultos.A Bíblia diz: 
Oh! quão bom e quão suave é que os irmãos vivam em união. Salmos 133:1
É maravilhoso sentir o calor dos irmãos,louvando juntos,trabalhando juntos,ensaiando juntos,participar da Escola Bíblica juntos,isto é agradável à Deus também além de ser para o crente.

As motivações de frequencia nos cultos nunca devem ser de outrem nem das circunstâncias do dia dia,pois afinal apresentaremos à Deus tudo o que fizermos neste corpo ( 2 Coríntios 5:10  ). 

Para muitos, frequentar igreja é um costume (porque nasceu num berço de pais crentes),uns fazem por obrigação de pai ou mãe ( no caso de filhos),outros aínda o fazem pensando que encontrarão Jesus apenas na igreja,aínda tem casos que pessoas vão a igreja (como já ouvi várias vezes!), só quando estiver bem,ou seja, igreja é só para os bons,para os santos,para os curados,para os lavados,etc.Motivos como esses contrariam totalmente o que a Bíblia ensina sobre a reunião dos crentes segundo os versículos expostos neste artigo. Diz a Bíblia: Que fareis, pois, irmãos? Quando vos ajuntais, cada um de vós tem salmo, tem doutrina, tem revelação, tem língua, tem interpretação. Faça-se tudo para edificação. 
1 Coríntios 14:26

A Bíblia ensina também que os fortes devem suportar os fracos (Romanos 15:1 ),os sãos não precisam de médicos  ( Mateus 9:12 ),diria até que os salvos não precisam de salvação(grifo meu!).

Isso posto,gostaria informar aos amados (as) leitores(as),que muito antes mesmo de nós irmos à uma igreja (paredes),devemos nos preocupar primeiramente em ser Igreja (habitação de Deus),que somos nós.Porque Jesus não virá aqui buscar paredes,mas sim a Sua Igreja gloriosa que vai apresentar diante do Pai  (Efésios 5:27  ),que somos nós que cremos na Palavra da salvação em Jesus Cristo e somente n'Ele.

Tem uma frase famosa que circula muito nas redes sociais que diz: O fato de você ter um piano em casa não significa que você seja pianista.Por parte a frase é correta.Mas quando fazem uma comparação com a igreja dizendo que:Frequentar uma igreja não fará de você um cristão,alí precisamos parar e dizer algumas coisas.
Retificando mesmo essa última parte diríamos: Frequentar uma igreja não fará de você um cristão,mas a ausencia constante nos cultos enfraquecerá nossa fe.

Digo isso por símples motivos:
Nós não cultuamos por ser santos,curados,limpos,etc.Muito pelo contrário,nós cultuamos a Deus,frequentando a igreja para comunhão com os santos( Atos 2:44,1 Coríntios 1:9 ). Por reconhecermos o quanto somos carentes de Deus (Efésios 1:7),por isso nós frequentamos a igreja.A Bíblia quando diz :Quando vos ajuntais, cada um de vós tem salmo, tem doutrina, tem revelação, tem língua, tem interpretação. Faça-se tudo para edificação. 1 Coríntios 14:26 .Isso para um crente fraco ou forte é muita coisa,pois para o fraco seria o momento de se fortificar e para o forte é momento de compartilhar com os outros o quanto Deus tem sido fiel.Não vamos dizer que não existe crente fraco porque a Bíblia fala deles(Romanos 15:1 ).E quem um dia já experimentou fraqueza,que o diga! Quando você está fraco e encosta-se com irmãos fortes,você com certeza se tornará forte como um eles também.

Essa é com certeza a vontade de Deus para as nossas vidas,que vivamos unidos ( João 13:34).Deus não quer que Seu povo viva fraco,debilitado,etc.Ele quer sim um povo,uma igreja forte para quando vier o Inimigo das nossas almas nos encontre unidos.Porque acredito no velho ditado "JUNTOS VENCERTEMOS".

Amado leitor,para terminar esse artigo gostaria convidar-te a fazer algumas reflexões para o seu bem mesmo!
- Quando fores para um culto tenha certeza  que irás num culto apenas para  exaltar a Deus, porque essa é a vontade de Deus para quando nos juntarmos .
- Não vá para um culto apenas para agradar a A ou B,mas vá para adorar o Criador dos Céus e da Terra.
- Um erro cometido nunca deve ser motivo de deixar de frequentar um culto,pois é na comunhão que nos fortificamos.E saiba que todos nós falhamos,erramos,pecamos,etc.Somos humanos,carentes de Deus e ninguém é Deus para julgar o seu erro,mas estamos no mesmo barco para nos ajudarmos uns aos outros até chegarmos na outra margem da nossa "navegação",que é o Céu.

Certa vez Robert Murray M'Cheyne disse:Não podemos unir-nos a Cristo porque o sentimos, mas porque Deus o disse, e precisamos crer em sua Palavra mesmo quando não a entendemos.
Portanto,precisamos comunhão com a igreja para gerar obras para galardão e não para salvação.

Em Cristo,
Xavier Campos Jaoquim

sexta-feira, 23 de março de 2012

[Alguém Disse]: Viva a vida, porque dela ninguém sairá vivo - É verdade isso?



Querendo dar inicio a uma série de frases que consideramos ser uma espécie "apologia ao crime",nós passaremos a publicar tais chavões,frases extrabíblicas aqui na série [Alguém Disse].
E hoje começaremos com essa: "Viva a vida porque dela ninguém sairá vivo"

Há alguns dias estive conversando com alguém e disse-me essa frase e deixou-me muito preocupado porque nunca tivera ouvido antes.

Isso posto decidi hoje apresentar alguns motivos pelos quais não concordo com essa frase.
Tenho compartilhado nas redes sociais frases,versículos,pensamentos,etc.Mas tenho notado que existe uma maior aceitação nas  frase duque na Bíblia própriamente dito. Mas nós dissemos depois que a Bíblia é Deus a falar, que na verdade o é;mas trocamos um versículo bíblico para em seu lugar colocarmos uma frase.Alguém argumentaria que muitas frase são edificantes,também concordo,mas que não consigo concordar mesmo é colocar em lugar de um versículo uma frase,frase essas que muitas veses são versículos distorcidos,chavões,etc.

Lembrando que a frase é: "Viva a vida porque dela ninguém sairá vivo".

"Viva a vida"

Quando alguém diz viva a vida, subentende-se que a vida deve ser vivída de qualquer maneira,o que não é verdade segundo os padrões bíblicos.Porque a Bíblia nos aconselha para apresentarmos os nossos corpos em sacrificio vivo. Rogo-vos, pois, irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional. Romanos 12:1
Eu não nego viver ,mas acredito que a vida deve ser vivida sim pensando que ela não existe apenas aqui. Digo isso para os salvos ( 2 Cor 5.1,2) porque para os nãos salvos e aqueles que se esquecem de Deus, a história é outra e bem diferente dos primeiros ( Salmos 9.17) .

Essa frase em análise tem alguma espécie "apologia ao crime" ,se assim me permitam. É especie duma música de um certo cantor que diz:"Deixa a vida me levar". A vida deve ser levada por nós e nunca ela a nos levar.A vida  é uma dádiva dada por Deus ao ser humano,então cabe a nós cuidá-la,e não viver de qualquer jeito.
Acredito que por coisas como essas, uma frasezinha ,uma palavrinha,etc,tem arruinado muita gente e principalmente jovens,e adolescentes.
Vivamos a vida de uma maneira a agradarmos ao Doador da Vida- Deus.

"porque ninguém sairá vivo dela"


Vejam só que absurdo! Quem disse que da vida ninguém sai vivo? Isso é para o ímpio talvés.Uma vez que o ímpio terá a morte eterna (Mt 25.46a ),mas  os salvos terão vida etrena  ( Mt.2546b).
Nós sairemos vivos desta vida sim,desde que aceitemos a Jesus como nosso Senhor e Salvador, passando assim da morte para vida ( João 5.24).
A Bíblia diz mais:
Eis aqui vos digo um mistério: Na verdade, nem todos dormiremos, mas todos seremos transformados; Num momento, num abrir e fechar de olhos, ante a última trombeta; porque a trombeta soará, e os mortos ressuscitarão incorruptíveis, e nós seremos transformados. 1 Coríntios 15:51,52.

Agora caro leitor, sairemos vivos desta vida ou não?
São chavões,frases como essas que muitas das vezes teem arruinado vidas.

Que Deus nos ajude a termos o discernimento espritual para tudo.

Em Cristo, o nosso Sumo Pastor.

Xavier Campos Joaquim

Siga-nos no TWITER   
 

terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Vida com Deus x Vida sem Deus


Vida sem Deus...
Cena 1

Cena 2

Cena 3

Cena 4

Cena 5

Cena 6

Cena 7

Cena 8

Cena 9

Cena 10

Cena 11

Cena 12

Cena 13

Cena 14

Cena 15

Cena 16

Cena 17


A Vida com Deus...

Cena 20

Cena 21



"Respondeu-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim." (João 14.6)


"Pois tu, SENHOR, abençoas o justo e, como escudo, o cercas da tua benevolência" - Salmos 5-12

Testemunho de alguém que ja recebeu essa mensagem:
Olá,
Recebi este e-mail e não dei muita importância.
Mas depois de alguns dias, sem vontade de fazer nada, cliquei em alguns e-mails e me achei lendo este, que por sinal me fez refletir nos meus atos cometidos...
Eu, que recebi um ensinamento cristã, hj me encontro "afastada", mas sei que é um erro que deveria ser mais forte e vencer as armadilhas colocadas pelo "inimigo". Mas a rotina, a falta de tempo, os objetivos da vida terminam nos "cegando" para o nosso verdadeiro objetivo que é a SALVAÇÃO.
Sei que em breve e muito breve Jesus virá e que aqueles que se não encontrar com seu nome inscrito no livro da vida irá ser lançado no lago de fogo eterno preparado para Satanás e seus anjos.
Vamos pedir a Deus mais uma oportunidade de poder ter a SALVAÇÃO e inteligência para não perdermos e que perdoe nossas falhas.
Por favor, reflitam essa história que é contada em quadrinhos. Tenho certeza que tbm irá lhe fazer refletir no seu cotidiano.

Um abraço,
Fabiana Santos Correia

domingo, 13 de novembro de 2011

O Exército de Israel , Saul e a Igreja Contemporânea



Texto Bíblico: 1 Samuel 13.1-15
Com ajuda de Deus gostaria que meditássemos um pouco acerca desse episódio nas Sagradas Escrituras e traçando um paralelo com os tempos de hoje que vivemos no cristianismo moderno.


Devido alguns acontecimentos no mundo cristão ,parei nesses trechos bíblicos enquanto meditava e decidi compartilhar com todos leitores do PREGAI O EVANGELHO.
Na narrativa bíblica conta a história de um povo (Israel) e um rei (Saul), que em certo momento saíram para a guerra contra os filisteus.

Ao longo do caminho o rei sentiu-se pressionado pelo povo,pelos soldados e pelos seus inimigos. E nas possibilidades humanas Israel era um número muito reduzido para essa guerra.Veja por exemplo que o número de homens que eles tinham era dez vezes menor que os carros dos israelitas (vers.5).

Ora bem , no versículo 6 do texto em estudo está escrito assim:

" Quando os soldados de Israel viram que a situação era difícil e que seu exército estava sendo muito pressionado, esconderam-se em cavernas e buracos, entre as rochas e em poços e cisternas."

Devido as dificuldades,pressão do povo,medo,etc ,os soldados abandonam o rei e fogem (escondem-se). Impressionante essa história! No momento mais importante,mais difícil , ele é abandonado sozinho.

Aos soldados
Quando os soldados de Israel viram que a situação era difícil e que seu exército estava sendo muito pressionado, esconderam-se em cavernas e buracos, entre as rochas e em poços e cisternas. (1 Samuel 13:6)"(NVI).

Os soldados( soldados mesmo!),nunca fogem de guerras,dificuldades da sua igreja aonde congrega. Mas infelizmente,muitos são os soldados que têm deixado a desejar:

Pastores,evangelistas,diáconos,cooperadores,etc e tal, que deixam a desejar quando o assunto aperta do seu lado.Quando as dificuldades,as intempéries da vida cristã aparecem no ministério muitos obreiros fogem do líder porque só querem momentos de bonança.Na tempestade ninguém quer enfrentar junto com o seu pastor,com o seu líder no departamento da sua igreja ,etc.

Os soldados são aqueles que o chefe sempre espera dele.Os obreiros ,que são obreiros mesmo, nunca fogem dos momento difíceis da sua igreja.

Veja aonde você está se escondendo para não ajudar seu líder nessa tarefa tão árdua do Reino.Aqui vimos que os soldados escondiam-se nas cavernas e buracos,entre rochas e em poços e cisternas. E você caro leitor qual tem sido o seu "refúgio" para escapar de suas responsabilidades? Não se esconda de suas responsabilidades. Se hoje você é auxiliar amanha poderás também ser um líder.Mas se continuar fugindo de suas responsabilidades tornar-se-às um líder fugitivo,mau exemplo para os mais novos.

Obreiros devem aprender a auxiliar o seu líder até nos momentos mais difíceis da igreja (Exodo 17.12),porque a vitória do líder é a vitória da igreja.

À Igreja
E o versículo 7 diz:
Alguns hebreus até atravessaram o Jordão para chegar à terra de Gade e de Gileade. Saul ficou em Gilgal, e os soldados que estavam com ele tremiam de medo.

Uma situação que nenhum líder quer passar.

Se de um lado temos obreiros  fugitivos das suas responsabilidades com a igreja devido as muitas dificuldades da sua igreja,por outro lado são irmãos (a igreja,o povo) a fugir da sua igreja. Veja que tem gente já a saltar o Jordão.

Impressionante como a igreja do nosso tempo gosta fugir de igrejas onde fala-se de Cristo, prega-se o arrependimento dos pecados,do evangelho verdadeiro,existe palavra que ainda afronta o pecador.Mas o povo de hoje gosta mesmo de "novidade gospel","novas unções",etc.

O que o povo do nosso século precisa mesmo não é de ditos cultos da vitória,cultos de avivamento,culto da benção ,etc e tal.Que aliás é o motivo pelos quais têm saltado o "Jordão"(pulando de galho em galho, de igreja em igreja).O povo (digo NÓS),precisamos aprender a ADORAR mais o Rei dos reis.

O problema não está na igreja que vais,mas sim no culto que prestas a Deus.O culto deve ser em espírito e em verdade (João 4.23).E quem dá o culto não é Deus para o homem,mas sim;o homem para Deus.

Deus deve ser cultuado e reverenciado (Salmos 89.7).
O meu pastor tem dito:"Não existe culto ruim,mas sim adorador ruim".(Pr.Clemente Macedo).

Então se você caro leitor ja pensou em saltar o Jordão para dar voltas em outras paradas onde o evangelho é mais light, onde só existe recriação,balada gospel, que tem sido uma febre para os evangélicos,vigie porque pode não ser saudável para você.É possível que deves estar se alimentando de lixo.E lixo não é saudável para a vida!

Aos Pastores,Lideres
Lemos no relato bíblico o seguinte:"Ele esperou sete dias, o prazo estabelecido por Samuel; mas este não chegou a Gilgal, e os soldados de Saul começaram a se dispersar.Então ele ordenou: "Tragam-me o holocausto e os sacrifícios de comunhão". Saul ofereceu então o holocausto,e quando ele terminou de oferecê-lo, Samuel chegou, e Saul foi saudá-lo.(v.8-10)

Ao começar falar sobre essas personalidades tão importantes para igreja,permitam-me fazer duas observação muito importantes para o nosso entendimento.
1ºSaul era rei
Segundo o Dicionário da Bíblia Almeida, rei significa:
Governador de um IMPÉRIO 1, (Et 1.2), de um país (1Sm 8.5; Mt 2.1) ou de uma cidade-estado (Gn 14.2). Ocorrendo a morte do rei, um descendente seu o sucede no trono (1Rs 2.11-12).

2ºSamuel era Sacerdote

Sacerdote significa:
No AT, descendente de ARÃO separado para servir como oficiante no culto realizado primeiro no TABERNÁCULO e depois no TEMPLO. O sacerdote era MEDIADOR entre Deus e o povo, oferecendo SACRIFÍCIOS e orando em seu favor (Êx 28—29; Lv 21; 1Cr 24). Antes de Arão já havia sacerdotes (Hb 7.1-3). No NT, todos os cristãos são sacerdotes (Ap 1.6; 5.10; v. SACERDÓCIO).

Feita esta diferença, notamos que um rei nunca deveria oferecer sacrifício como fez Saul.Quantos pastores cobiçando o cargo de outros! Você conhece caro leitor?Mesmo sendo pastor como o outro,mas um apenas é o líder,os outros são submissos ao líder.

Vejamos a atitude desse rei e façamos um paralelo com a nossa igreja de hoje:

Ele esperou sete dias, o prazo estabelecido por Samuel; mas este não chegou a Gilgal, e os soldados de Saul começaram a se dispersar.(v.8).

Quantos pastores,pela decepção,frustrações,desespero ,por ver a sua igreja se esvaziando (principalmente por este motivo),por motivos financeiros da sua igreja, outros por motivos desconhecidos ,estão trocando o verdadeiro evangelho por entretenimento num culto que deveria ser para honrar a Deus? Quantos pastores trocaram jejuns por festas,vigílias por baladas gospel para encher as suas igrejas com mais membros?Afinal queremos qualidade ou quantidade?

Quantos pastores esqueceram o evangelho da salvação e trocaram pela teologia da prosperidade,confissão positiva,evangelho da auto ajuda, evangelhos sem compromisso nenhum,evangelhos que dizem "venham como estão e permaneçam como estão. Muitos até para serem chamados de "ungidos do s?enho?r", gastam litros e litros de óleo para se autopromover e dizer que é "ungido do senhor".

Para quem é esta glória?
Será que este é o evangelho que Cristo desejou ou ordenou que pregássemos? Se fosse Jesus pregaria esse evangelho? Com certeza não.

Chegou Samuel ( Imagine que seja Jesus ).

E perguntou-lhe Samuel: "O que você fez? " Saul respondeu: "Quando vi que os soldados estavam se dispersando e que você não tinha chegado no prazo estabelecido e que os filisteus estavam reunidos em Micmás,pensei: ‘Agora, os filisteus me atacarão em Gilgal, e eu não busquei o Senhor’. Por isso senti-me obrigado a oferecer o holocausto".(v.11-12).

Será que essa será a sua resposta para Jesus quando Ele vier caro pastor?
Ele perguntará : Pastor porque você fez isso? E o pastor:Quando vi os obreiro,a igreja a se dispersarem pensei noutro tipo de evangelho "extra Bíblia" para lhes trazer na igreja porque a Sua Palavra é "muito dura".Eu pensei em algo novo porque o Senhor demorou demais. Lamentável! .Que vergonha para tais pastores!

O mais lamentável nessa história é que ele diz: "e eu não busquei o Senhor".

Mas como um pastor, um líder vai fazer as coisas sem consultar o Senhor? Como queremos bençãos de Deus sem buscar direção de Deus? Um líder que não ouve a Deus não presta nem para ser ouvido também.O que um líder ,um pastor vai pregar se o Deus que é dono do povo está falando e ele simplesmente está desobedecendo? Que palavra vai pregar se quem fala para Igreja é o Dono da Igreja? Querido líder procure direção de Deus antes de ministrar a Palavra.

Jesus não nos salvou para sermos pastores,pregadores,cantores,etc ,mas sim ,para O adorarmos.Antes de pregar,adores,antes mesmo de cantar adore.Porque cantar não significa adorar. O que adora é o espírito e alma.O corpo apenas reage aos impulsos do espírito para adorar a Deus.

Saul continua dizendo que :senti-me obrigado a oferecer o holocausto.Um líder precisa saber que não é obrigado a nada a não ser o seu dever - pregar a Palavra. Um pastor não foi chamado para por exemplo andar atrás de crente "caçar pecados",não foi chamado para convencer o homem do seu pecado porque é obra do Espírito Santo( João 16.8).Limite-se a cumprir o seu papel inteiramente - pregar; porque além de pastor,ainda és crente também.

E Samuel termina nos versos 13-15 reprendendo o líder infiel Saul.Assim será se muitos pastores não tomarem conta do rebanho do Senhor.O senhor chegará e dirá simplesmente:Nunca vos conheci,apartai-vos de Mim( Mt.7.23).Preservemos a pureza e a simplicidade desse evangelho de Cristo,porque um dia Ele virá e pedirá conta a cada um dos senhores que cuidam do seu rebanho.

Que o Senhor nos guarde e nos ajude a praticar a Sua Palavra,muito antes mesmo de pregar.
Nunca desejemos tal experiências em nossos ministérios.
Com muito temor, tremor a Deus e respeito aos meus irmãos em Cristo.
Bem-aventurado aquele servo que o seu senhor, quando vier, achar servindo assim. Mateus 24:46

Xavier Campos Joaquim



Saul tinha trinta anos de idade quando começou a reinar, e reinou sobre Israel quarenta e dois anos.

Saul escolheu três mil homens de Israel; dois mil ficaram com ele em Micmás e nos montes de Betel, e mil ficaram com Jônatas em Gibeá de Benjamim. O restante dos homens ele mandou de volta para suas tendas.

Jônatas atacou os destacamentos dos filisteus em Gibeá, e os filisteus foram informados disso. Então Saul mandou tocar a trombeta por todo o país dizendo: "Que os hebreus fiquem sabendo disto! "

E todo Israel ouviu a notícia de que Saul tinha atacado o destacamento dos filisteus atraindo o ódio dos filisteus sobre Israel. Então os homens foram convocados para se unirem a Saul em Gilgal.

Os filisteus reuniram-se para lutar contra Israel, com três mil carros de guerra, seis mil condutores de carros e tantos soldados quanto a areia da praia. Eles foram a Micmás, a leste de Bete-Áven e lá acamparam.

Quando os soldados de Israel viram que a situação era difícil e que seu exército estava sendo muito pressionado, esconderam-se em cavernas e buracos, entre as rochas e em poços e cisternas.

Alguns hebreus até atravessaram o Jordão para chegar à terra de Gade e de Gileade. Saul ficou em Gilgal, e os soldados que estavam com ele tremiam de medo.

Ele esperou sete dias, o prazo estabelecido por Samuel; mas este não chegou a Gilgal, e os soldados de Saul começaram a se dispersar.

Então ele ordenou: "Tragam-me o holocausto e os sacrifícios de comunhão". Saul ofereceu então o holocausto,

e quando ele terminou de oferecê-lo, Samuel chegou, e Saul foi saudá-lo.

E perguntou-lhe Samuel: "O que você fez? " Saul respondeu: "Quando vi que os soldados estavam se dispersando e que você não tinha chegado no prazo estabelecido e que os filisteus estavam reunidos em Micmás,

pensei: ‘Agora, os filisteus me atacarão em Gilgal, e eu não busquei o Senhor’. Por isso senti-me obrigado a oferecer o holocausto".

Disse Samuel: "Você agiu como tolo, desobedecendo ao mandamento que o Senhor seu Deus lhe deu; se você tivesse obedecido, ele teria estabelecido para sempre o seu reinado sobre Israel.

Mas agora seu reinado não permanecerá; o Senhor procurou um homem segundo o seu coração e o designou líder de seu povo, pois você não obedeceu ao mandamento do Senhor".

Então Samuel partiu de Gilgal e foi a Gibeá de Benjamim, e Saul contou soldados que estavam com ele. Eram cerca de seiscentos.
1 Samuel 13:1-15
Saul tinha trinta anos de idade quando começou a reinar, e reinou sobre Israel quarenta e dois anos.

Saul escolheu três mil homens de Israel; dois mil ficaram com ele em Micmás e nos montes de Betel, e mil ficaram com Jônatas em Gibeá de Benjamim. O restante dos homens ele mandou de volta para suas tendas.

Jônatas atacou os destacamentos dos filisteus em Gibeá, e os filisteus foram informados disso. Então Saul mandou tocar a trombeta por todo o país dizendo: "Que os hebreus fiquem sabendo disto! "

E todo Israel ouviu a notícia de que Saul tinha atacado o destacamento dos filisteus atraindo o ódio dos filisteus sobre Israel. Então os homens foram convocados para se unirem a Saul em Gilgal.

Os filisteus reuniram-se para lutar contra Israel, com três mil carros de guerra, seis mil condutores de carros e tantos soldados quanto a areia da praia. Eles foram a Micmás, a leste de Bete-Áven e lá acamparam.

Quando os soldados de Israel viram que a situação era difícil e que seu exército estava sendo muito pressionado, esconderam-se em cavernas e buracos, entre as rochas e em poços e cisternas.

Alguns hebreus até atravessaram o Jordão para chegar à terra de Gade e de Gileade. Saul ficou em Gilgal, e os soldados que estavam com ele tremiam de medo.

Ele esperou sete dias, o prazo estabelecido por Samuel; mas este não chegou a Gilgal, e os soldados de Saul começaram a se dispersar.

Então ele ordenou: "Tragam-me o holocausto e os sacrifícios de comunhão". Saul ofereceu então o holocausto,

e quando ele terminou de oferecê-lo, Samuel chegou, e Saul foi saudá-lo.

E perguntou-lhe Samuel: "O que você fez? " Saul respondeu: "Quando vi que os soldados estavam se dispersando e que você não tinha chegado no prazo estabelecido e que os filisteus estavam reunidos em Micmás,

pensei: ‘Agora, os filisteus me atacarão em Gilgal, e eu não busquei o Senhor’. Por isso senti-me obrigado a oferecer o holocausto".

Disse Samuel: "Você agiu como tolo, desobedecendo ao mandamento que o Senhor seu Deus lhe deu; se você tivesse obedecido, ele teria estabelecido para sempre o seu reinado sobre Israel.

Mas agora seu reinado não permanecerá; o Senhor procurou um homem segundo o seu coração e o designou líder de seu povo, pois você não obedeceu ao mandamento do Senhor".

Então Samuel partiu de Gilgal e foi a Gibeá de Benjamim, e Saul contou soldados que estavam com ele. Eram cerca de seiscentos.
1 Samuel 13:1-15

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Para Pastores , Obreiros e Cristãos no Geral.



 Pr.Jorge Batista (Angola)
Algumas Idéias Esparsas...!

Para Pregadores(Lideres & Pastores, etc.):

1. Todo pregador e pastor tem que velar para não se tornar um produto de consumo dos crentes!
2. Portanto, não se deixe amar pelas pregações, deixe que as pessoas te amem pela pessoa que és…!
3. No seu projeto com o homem, Deus trabalha a parte humana, não a divina! Nosso valor não está nas realizações, pois é Deus quem realiza por nós! Podemos subir alto nas nossas realizações, mas descemos mais fundo quando deixamos de ser!
4. Você vai aprender muito com Deus, mas nunca (para) ao ponto de trabalhares sozinho!
5. Não seja um lider solitário, seja um lider solidário!!! Não deseje um sucesso que te isole, que te distancie das pessoas!


Para Cristãos Comprometidos:

1. A nossa espiritualidade nunca crescerá á base de eventos ocasionais ou circunstanciais…! Participemos de grandes congressos, abencoadas conferências, mas não deixe que eles possam substituir o dia a dia de nossa fé.


2. Deus não constroi a nossa personalidade com coisas – O homem moderno é quem constroi personalidade com as coisas, com as conquistas materiais da vida.


· O homem se impõe na vida com o que tem, com o que adquire, com tudo que sabe, Deus age diferente: Deus nos faz ser, trabalha-nos o ser, nos convida a ser, e nos leva a ser…!
· Se o que somos não nos der valor e o que termos nos der – Não somos a imagem de Deus…
· Nunca alcançaremos graça se nos achegarmos a Deus como um Deus-objecto…
· Dispenso a graça de um Deus que constroi minha personalidade com objectos, com bens materiais, pois Ele deixaria meu espirito, a sede do meu ser sem fruto.
6. As coisas que eu preciso para sobreviver e subsistir não são as mesmas que eu preciso para exisitir…!!!
· Precisamos de coisas para a nossa subs – Precisamos de Personalidade Para Existir…
· Precisamos de Comida, Casa e Roupa Para Subsistencia – Precisamos de espirito para exisitir…!!!
· Deixamos de exisitir, quando a alma, o espirito sai, mas não quando as coisas faltam…
· O que eu preciso para existir não é o mesmo que eu preciso para sobreviver…!


Sempre em Cristo,

Pr. Jorge Baptista,Sr.

domingo, 7 de agosto de 2011

Como deve ser o testemunho do cristão?



PR.GERALDO CARNEIRO


O testemunho cristão começa no lar, estende-se ao trabalho e abrange todos os lugares aonde chegar a influência do crente.

O CRENTE COMO LUZ DO MUNDO

No V.T., os rabinos, ao referirem-se à luz, atribuíam-na sempre a Deus, à lei, a Israel, etc. Assim é que Davi e seus descendentes aparecem como LÂMPADAS DE ISRAEL (II Sm 21:17 cf I Rs 11:36; 15:4; Sl 132:17; Lc 2:32) cf Fp 2:15 - SEM ESSA ILUMINAÇÃO QUE IRRADIA DO
CRENTE, O MUNDO SERIA UM ABISMO DE DENSAS TREVAS. Vejamos algumas características da luz:

(1) - A LUZ NÃO TEM PRECONCEITOS - Ela tanto brilha sobre um criminoso, como sobre uma criança inocente, sobre uma poça de lama, como sobre uma imaculada flor. ASSIM DEVE SER O CRENTE NO DESEMPENHO DE SUA MISSÃO DE LUZ NO MUNDO, ESPARZINDO A LUZ DO EVANGELHO DE CRISTO SOBRE TODOS OS POVOS, RAÇAS, CULTURAS, TRIBOS e INDIVÍDUOS, INDEPENDENTE DE IDADE, SEXO, COR, RELIGIÃO, PROFISSÃO E POSIÇÃO.

(2) - A LUZ TEM QUE SER ALIMENTADA - (Mt 5:15-16) - A luz que iluminava as casas nos tempos de Jesus era de lamparina, alimentada através de um pavio mergulhado em azeite. O tipo de material da lâmpada variava, mas o combustível era um só - O AZEITE. A lâmpada, tendo azeite, pode arder ao luzir. Caso contrário, é o pavio que se queima e danifica a lâmpada. O MESMO OCORREU AO CRISTÃO VERDADEIRO. ELE DEPENDE SEMPRE DO ÓLEO DO ESPÍRITO SANTO PARA DIFUNDIR A LUZ DE CRISTO, A LUZ DO EVANGELHO; SE ELE MESMO QUISER BRILHAR ESPIRITUALMENTE, ISTO LOGO ACABARÁ, PORQUE ELE SE QUEIMARÁ. UM PAVIO SECO QUEIMA EM POUCO TEMPO. (Jo 5:35 - Isto revela que João era um homem que tinha fogo, poder, fervor e luz da parte de Deus); (Ex 3:2-3 cf Dt 33:6; Mc 12:26; Lc 20:37; At 7:30, 35 - É o tipo de fogo que só queima impurezas, mas conserva o que é bom cf Dn 3:21-25).

(3) - A LUZ NÃO SE MISTURA - Mesmo que ela ilumine um monte de lixo, ou cenas repugnantes, ela prossegue incontaminada na sua missão de iluminar. Assim deve ser o crente: VIVER NESTE MUNDO TENEBROSO A DIFUNDIR A LUZ DE CRISTO E NÃO AS OBRAS INFRUTUOSAS DAS TREVAS (Lc 11:33-36).

(4) - A LUZ É PROGRESSIVA - A luz de lenha; luz de óleo; luz de gás; luz incandescente, isto é, a luz elétrica; luz fluorescente - ASSIM DEVE O CRENTE CRESCER NA COMUNHÃO COM A LUZ DO MUNDO (Pv 4:18)

(5) - A LUZ É SANADORA - Brilhando intensamente e sem impedimento, a luz enxuga os brejos, drena a umidade, apressa a cicatrização de ferimentos e é germicida. O ambiente escuro propicia a proliferação de males que afetam a saúde de várias maneiras (Sl 91:6) - Quando um crente contribuir para piorar as coisas aqui, ele falhou como luz do mundo.

(6) - A LUZ É MISTERIOSA E SUTIL - Ninguém pega a luz assim como se pega o sal. A LUZ SE VÊ, MAS NÃO SE PEGA. JÁ O SAL SE PEGA, MAS NÃO SE VÊ QUANDO ELE ENTRA EM AÇÃO. Dos três raios que compõem a luz, apenas um deles é visível: O LUMÍFERO. O raio AQUECEDOR e o TRANSMISSOR SÃO INVISÍVEIS, MAS SÃO REAIS. Sem qualquer um deles, não existe luz comum. Essa triplicidade da luz aponta para o Deus trino.

(7) - A LUZ NORMAL É MANSA E DELICADA - Ela tanto brilha sobre um rochedo sólido e inabalável como sobre uma teia de aranha, tênue e frágil, sem danificá-la. ASSIM DEVE SER VERSÁTIL E SÁBIO O CRENTE AO LEVAR A LUZ DE CRISTO, DO EVANGELHO, DA SALVAÇÃO, DO CONHECIMENTO DE DEUS AO PRÓXIMO.

(8) - A LUZ AVISA - Ela avisa nos painéis de comando, nas bóias náuticas, nos medidores, nos faróis de veículos terrestres e aéreos, nas torres e nos montes, nos sinais de trânsito etc. A negligência ante um sinal desses pode ser fatal.

Jesus compara os discípulos a UMA CIDADE EDIFICADA SOBRE UM MONTE. Mesmo que seja noite, uma pequena cidade situada em lugar alto, pode ser facilmente observada porque as fracas luzes que saem de suas modestas lamparinas tornam-se visíveis à grande distância. O crente, igualmente, deve brilhar na escuridão deste mundo através de suas obras, sua retidão, sua justiça, seu trabalho, sua espontânea subordinação ao Senhor e de tudo quanto mais possa glorificar ao Pai que está nos céus.

LUGARES INADEQUADOS PARA A LUZ

(Mt 4:21-25)

DEBAIXO DO ALQUEIRE
O alqueire era uma antiga medida para cereais e líquidos. O que nos importa não é o objeto em si, mas o fato de algum colocar uma candeia ou uma lâmpada debaixo de tal utensílio. Se isso acontecer, certamente a luz será apagada, visto que não haverá o ar, que contém o oxigênio, elemento necessário à combustão ou queima do pavio, formado de algodão ou de outro material apropriado para queimar e fornecer luz. O CRENTE EM JESUS É A LUZ DO MUNDO. Ao esconder-se, com vergonha de manifestar-se aos outros, ficará debaixo do ALQUEIRE do comodismo, do medo, da indiferença para com sua missão e perecerá, ao apagar-se, por falta do oxigênio do Espírito Santo.

DEBAIXO DA CAMA (Mt 4:21) - A candeia constituía-se de um recipiente de barro ou de metal , em que se colocava óleo ou azeite. Ele embebia um pavio, o qual, inflamado, produzia luz. Se colocada embaixo da cama, RESULTAVA EM UM DESASTRE, PODENDO PROVOCAR UM INCÊNDIO.

O QUE É VELADOR? (Mt 4:21b)
É um suporte no qual se coloca uma candeia, um lampião ou uma vela, de modo que alumie a todos. Normalmente, onde ainda existe tal utensílio, em lugares mais pobres, ele é fixado em local elevado. O velador é símbolo do lugar onde o crente, como luz do mundo, deve sempre estar. Esta localidade deve ser elevada moral e espiritualmente. (Dt 28:13 - Não devemos confundir as expressões ESTAR EM CIMA e SER MAIOR, pois significam ESTAR NA POSIÇÃO MAIS ELEVADA, A DE SERVO DE DEUS, EM OBEDIÊNCIA A SUA VONTADE, COM HUMILDADE E AMOR (Lc 14:11)

ONDE O CRENTE DEVE BRILHAR?
(1) - NO MEIO DA FAMÍLIA - (Jó 31:34) - As relações familiares, no dia-a-dia, às vezes, trazem conflitos entre os cônjuges, pais e filhos e vice-versa; e irmãos carnais. O lar torna-se o palco de batalhas espirituais tremendas e desafia a fé e a firmeza do crente. Mas ele é o velador, onde a sua luz (seu testemunho) deve iluminar. (Gn 37:3-4) - Não pode haver dois tipos de comportamento, um para fora e outro para dentro do lar. Onde estiver a luz, aí estará o brilho da sua presença.

(2) - NO TRABALHO - Cercado de colegas incrédulos, zombadores, escarnecedores, usados pelo diabo, é no ambiente de trabalho onde o cristão tem a oportunidade de brilhar ou ser apagado. PARA ILUMINAR, BASTA ESTAR CHEIO DO AZEITE DO SENHOR. PARA SER APAGADO, É SÓ FICAR DEBAIXO DO ALQUEIRE, acomodado, acuado, sem saber a maneira própria de conviver no meio profissional (Gn 39:3-6; Mt 17:24-27; Lc 20:21-25; Rm 13:7; Tg 5:1-6 cf Ef 6:5-9).

(3) - NA ESCOLA - O ambiente escolar constitui um meio usado pelo diabo para desencaminhar muitos servos do Senhor. Professores materialistas, adeptos dos cultos aos demônios, discípulos da chamada Nova Era, alguns até homossexuais, incutem valores anticristãos entre os alunos. Jovens crentes, com medo e vergonha de manifestar sua fé, ficam DEBAIXO DO ALQUEIRE e acabam liquidados em sua fé. (Dn 1:8, 15) - Este jovem estudou na UNIVERSIDADE DA BABILÔNIA, mas BRILHOU PARA A GLÓRIA DE DEUS.

(4) - DIANTE DOS HOMENS - Mt 5:14-16 - Isso nos fala do testemunho em geral, não só de palavras, mas de obras do cristão, perante os homens. Muitos não conseguem brilhar diante de certas pessoas. Em lugar do óleo da unção do Espírito, deixam-se apagar pela água suja da influência dos ímpios. AS BOAS OBRAS SÃO INDISPENSÁVEIS A TODOS OS SALVOS (Ef 2:10; Tt 2:10),

(5) - NA IGREJA - Na igreja universal, só Deus sabe, de fato, quem emite a verdadeira luz. Na igreja local, no entanto, o testemunho das pessoas evidencia o brilho de sua luz. O TESTEMUNHO DO VERDADEIRO CRENTE MANIFESTA-SE ATRAVÉS DO FRUTO DO ESPÍRITO (Gl 5:22) e DOS DONS ESPIRITUAIS, QUE ORNAMENTA A IGREJA (I Cor 14:1, 12).

O CRENTE COMO SAL DA TERRA (Mc 9:50)

A palavra TERRA foi empregada por Jesus literalmente como O GLOBO TERRÁQUEO, FÍSICO, CONSTITUÍDO DE NAÇÕES. É a vontade de Deus para que o crente seja um instrumento Seu a alcançar toda a Terra com o Evangelho da redenção. Observemos, algumas características do sal:

(1) - O SAL É UM PODEROSO PRESERVATIVO DE ALIMENTOS, ele preserva e conserva, evitando a deterioração, figurando como a PUREZA. Daí, presta-se para simbolizar as ações de ordem e equilíbrio que os cristãos exercem na sociedade.

(2) - O SAL PRODUZ SEDE - O crente como sal cria sede espiritual nos outros, e, como luz, conduz as pessoas Àquele que é a fonte da salvação (Mt 4:25; 8:1; 12:15; 14:14; At 2:37; 16:31)

(3) - O SAL É INVISÍVEL QUANDO EM AÇÃO
- O sal, antes de ser aplicado, é visível. Mas, ao começar a agir, temperando, preservando, torna-se invisível. O SAL AGE INVISIVELMENTE, MAS SUA AÇÃO É CLARAMENTE SENTIDA. O PESCADOR OCULTA-SE AO PESCAR, DO CONTRÁRIO, OS PEIXES FUGIRÃO.

(4) - O SAL AJUDA A FLUTUAR - Quanto mais salgada for a água, maior flutuação proporcionará aos corpos. Por exemplo: O Mar Morto - a massa de água mais salgada do mundo. Se prestasse para o banho, nenhum banhista ali pereceria afogado, pois, que de tão salgada, a água devolve à superfície o que nela é lançado. De tão densa, ela diminui o peso específico dos corpos, fazendo-o flutuar. Um corpo afunda mais rápido na água doce do que na água salgada.

O crente deve ter uma vida íntegra - A idéia de pureza do sal vai também somar-se à atribuição de conservação, uma vez que o mesmo, estando misturando com outros elementos, perde o seu aspecto distintivo, não mais servindo para evitar a deterioração dos alimentos.

Além da propriedade que tem o sal de conservar alimentos, encontramos igualmente a de condimentar. Isto vem mostrar que o sincero servo de Jesus deve conservar uma vida pura, sem qualquer mistura, e comunicar ao seu redor toda a felicidade e alegria que o Evangelho proporcionar aos homens. Vemos aí patenteado, de igual modo o simbolismo da perseverança, da firmeza, da convicção e da temperança que deve ter o crente (Lc 21:19; Gl 5:22; Cl 4:5-6; Tg 5:11)

COISAS QUE LEVAM O SAL A PERDER O SEU SABOR E TORNAR-SE INSÍPIDO ou INSULSO

(1) - POUCO VENTO - O sal, para atingir o sabor ideal, necessita de bastante ventania na época de sua formação. Espiritualmente, o crente sem o vento do Espírito da vida e do poder, não subsistirá (Gn 2:7; Ct 4:16; Ez 37:9-10, 14; Jo 3:8; 20:22; At 2:2)

(2) - POUCA LUZ - Muita luz é fundamental para a formação de um bom sal. O efeito químico da luz sobre a água em tratamento é fundamental na transformação desta em sal. Abundante luz celestial é a grande necessidade para o crente ser um bom sal.

(3) - POUCO CALOR - Sem calor adequado, o sal em formação perderá em qualidade e se arruinará. UMA IGREJA ESPIRITUALMENTE FRIA, TORNA-SE INERTE, INATIVA, DECADENTE E INCAPAZ DE SER O SAL DA TERRA. Em lugar de uma tal igreja influir nos padrões de vida e práticas do mundo sem Deus, o mundo é que influirá nela pela corrupção, tal qual faz o fermento na massa.

O SAL QUE SE TORNAR INSÍPIDO PERDE TRÊS COISAS PRINCIPAIS: (Mt 5:13)


(1) - PERDE O SEU SABOR - Se o sal for insípido, com que se há de salgar?

(2) - PERDE O SEU VALOR - Para nada mais presta

(3) - PERDE O SEU LUGAR - Para ser lançar fora

CONSIDERAÇÕES FINAIS:

“Os homens da cidade disseram a Eliseu: Eis que é bem situada esta cidade, como vê o meu senhor, porém as águas são más, e a terra é estéril. Ele disse: Trazei-me um prato novo, e PONDE NELE SAL. E lho trouxeram. Então saiu ele ao manancial das águas, E DEITOU SAL NELE; e disse: Assim diz o Senhor: Tornei saudáveis a estas águas; já não procederá daí morte nem esterilidade. Ficaram, pois, saudáveis aquelas águas até ao dia de hoje, segundo a palavra que Eliseu havia dito” – II Rs 2:19-22

Embora o texto acima seja uma narrativa histórica, serve como analogia que nos ajuda a ver e perceber o que precisamos realizar para que as fontes amargas de morte e de esterilidade das nossas cidades sejam tratadas e curadas.

A cidade estava bem situada! O problema estava “no manancial”, “na fonte”, que trazia agonia, dor, lágrimas, esterilidade. Estamos neste mundo, não para ser sal no sal, mas sermos sal fora do saleiro, salgando a terra e curando suas fontes que causam esterilidade, em nome de Jesus.

A igreja foi colocada no mundo com duplo papel:

(A) - COMO SAL, PARA INTERROMPER, OU PELO MENOS RETARDAR, O PROCESSO DA CORRUPÇÃO SOCIAL; e

(B) - COMO LUZ, PARA DESFAZER AS TREVAS.





FONTES DE CONSULTA

1) Lições Bíblicas Maturidade Cristã - Ed. CPAD - 2º Trimestre de 1988 - Comentário: Equipe da DEC/DPU


2) Idem - idem - 4º Trimestre de 1994 - Comentário: Elinaldo Renovato de Lima

3) Idem - idem - 1º Trimestre de 1996 - Comentário: Geremias do Couto

4) Idem - idem - 4º Trimestre de 1996 - Comentário: Antônio Gilberto

5) A Bíblia Fala Hoje - A Mensagem do Sermão do Monte - ABU EDITORA - Autor: John R. W. Stott

6) Tesouro de Conhecimento Bíblico - Ed CPAD - Autor: Emílio Conde

7) A Bíblia Vida Nova - Edições Vida Nova

8) Sal fora do saleiro – Vinde Comunicações – Caio Fábio